O que VOCÊ pode fazer pelo planeta?
               
Reduza desperdícios de toda ordem. 

Quando mais recursos são desperdiçados, 
mais será preciso retirar do meio ambiente.
Evite o consumo desnecessário de energia. 
Não há produção de energia sem impacto ambiental. 
Adquira computadores verdes, 
eletrodomésticos modernos e lâmpadas 
mais eficientes.
Opte por residências com boa iluminação 
natural e use aquecimento solar.
Reduza o uso de veículos, sobretudo em 
dias de inversão térmica. 
Pelo menos uma vez por semana, deixe seu carro em casa.
Recicle seu lixo. Separe papéis, garrafas, vidros, plásticos e latas. 
Procure por pontos de coleta seletiva em sua comunidade. 
Caso não encontre, exija das autoridades a sua instalação. 
A reciclagem diminui a demanda por matérias-primas virgens e reduz o consumo de energia na sua produção.
Evite os descartáveis. 
Embalagens de espuma, frascos one-way, spray (com CFC), latas de cerveja e plásticos são materiais de difícil degradação no ambiente. 
Reduza o consumo de água. A água encanada demanda energia e tratamento para chegar até sua casa. 
Boicote alimentos e mercadorias que implicam na morte de animais selvagens ou dano à flora: palmitos silvestres, xaxins, orquídeas, atum, tartaruga (carne, ovos e subprodutos do casco), colares de coral, casacos de pele, bolsas e cintos de jacaré, peças de marfim.
Não compre animais silvestres para criar em casa. Não estimule o comércio ilegal da fauna. 
Micos, macacos, onças, tucanos, araras, papagaios, tartarugas, peixes ornamentais fazem falta na natureza. Tenha mascotes nascidos e criados em cativeiro.
Não jogue lixo na natureza ou nas ruas das cidades. 

Não deixe um rastro de sujeira por onde passa.
Use corretamente produtos químicos, pesticidas, substâncias tóxicas. 
Verifique a destinação adequada dos restos. 
Não contamine o lixo e o esgoto de sua cidade.
Proteja parques, áreas verdes, praias, rios e mares. 
Não compre lotes irregulares no litoral. Não construa sobre o mangue. 

Racionalize o uso de água, 
Evite vazamentos e desperdícios. 
Tome banhos mais rápidos: 15 minutos consomem 243 litros de água;
Feche a torneira: 5 minutos correspondem a 80 litros de água;
Economize água de banho, Compre um balde de 10 litros, que custa cerca de R$ 6,50;
Deixe-o no box do banheiro. 
Quando for tomar banho, deixe a água fria encher o balde ao invés de deixá-la correr pelo ralo;
Ao terminar o banho, despeje a água na máquina de lavar roupas ou guarde-a para utilizar no vaso sanitário;

Acha inútil? Se metade de uma cidade com 1 milhão de habitantes fizer isso, a economia é de 5 milhões de litros por dia, o suficiente para abastecer as residências de uma cidade com 25 mil habitantes (Búzios fora da temporada).
O vaso sanitário é o maior vilão, representando cerca de 50% do consumo de água de uma residência. São 10 a 14 litros em apenas 6 segundos de acionamento. Uma dica é usar a água economizada no banho, conforme o item acima;

Boas idéias ao reformar ou construir uma casa:

Colete a água do telhado em uma caixa d’água e aproveite-a para regar plantas; Colete a água de chuveiro e lavatórios em uma cisterna para aproveitá-la nos vasos sanitários;
A economia de energia elétrica proporciona um retorno do investimento, em média, em 10 anos; Deixe áreas permeáveis no terreno, como gramados. Isso reduz a necessidade de captação de água pluvial pela Prefeitura, melhora a recomposição de aqüíferos subterrâneos e reduz a probabilidade e os efeitos de enchentes;
Instale sensores de presença para economizar eletricidade; 
Instale aquecedor solar para economizar energia e/ou gás.